Nascido em Brasília-DF, Acácio Carvalho começou a tocar bateria aos 9 anos de idade. Estudou na Escola de Música de Brasília e lecionou nas principais escolas de música da cidade, incluindo o Instituto Bateras Beat. Fez parte de bandas como "Dark Avenger" e "Vougan",as quais lhe proporcionaram exposição internacional. Em 2009 se mudou para os EUA e deste então vem gravando e se apresentando com bandas e artistas ao redor do mundo.

Como gerenciar sua própria carreira

28 de fevereiro de 2012, por Acacio Carvalho
Olá galera!

Eu sempre trabalhei com bandas que, na maioria dos casos, eram gerenciadas por managers. Com o passar dos anos você vai entendendo melhor os motivos que levam uma banda a contratar alguém para cuidar de seus negócios. Um manager experiente e de sucesso na profissão geralmente não vai se interessar em trabalhar com artistas que acabaram de começar as suas carreiras. Os managers que você vai atrair no início são pessoas com pouca ou nenhuma experiência de mercado e que, muitas vezes, vão gerar mais problemas do que resolve-los.Ter um manager é extremamente importante, mas somente a partir do ponto em que você precisa dele.

O manager não é um “milagreiro”, ele não vai conseguir bons shows, contratos de endorsement, entrevistas e afins para você do nada. Isto é parte do seu trabalho como artista, você precisa conseguir tudo isto por conta própria e através da qualidade do seu trabalho. A partir de um certo ponto, estas coisas vão começar a acontecer com mais e mais frequência, você vai perceber que para negociar tudo que chega para você, sera necessário sacrificar cada vez mais o seu tempo disponível para fazer música. Este é o momento onde ter um manager se faz necessário. O manager vai cuidar da maioria das negociações enquanto você vai poder se concentrar mais naquilo que é o seu principal trabalho, fazer/tocar música.

Cerca de sete anos atrás eu comecei a investir na minha carreira solo paralelamente as bandas das quais participava. Durante este período tive que aprender a gerenciar minha própria carreira, porque até então eu somente tocava o meu instrumento, o manager da banda tomava conta do resto. Aprendi muitas novas habilidades e conceitos, os quais foram essenciais para que a minha carreira não se tornasse um caos. Escolhi três dicas que considero essenciais para o gerenciamento de uma carreira artística e compartilho com vocês aqui:

1 - Separe “carreira” e “vida pessoal”: Esta foi uma das coisas mais difíceis que eu precisei aprender no início, afinal quando você faz/trabalha com algo que gosta, geralmente isso se torna essencial na sua vida pessoal e a linha entre as duas acaba se tornando quase invisível. O trabalho artístico sofre de um mal quase exclusivo: As pessoas em geral se consideram capacitadas para opinar e dar idéias sobre ele. Não importa a quantidade de sucesso que você alcance ou o quão bom você se torne musicalmente, você vai sempre ter que lidar com aquela namorada, amigo ou até mesmo estranhos que insistem em te dar conselhos sobre sua carreira. Aprenda a “fechar esta porta” quando necessário. Você não precisa ser mau educado com ninguém, mas sempre deixe claro que amizades e relacionamentos amorosos precisam se manter afastados do seu trabalho, sem exceções. Separe tempo para ambas e não deixe jamais que as duas se misturem.

2 - Trate a sua carreira como uma empresa: Esta é uma das dicas mais importantes, porque acaba englobando todas as outras. A sua carreira é uma empresa, você precisa tomar decisões baseadas neste conceito. Todo investimento feito deve ser focado no resultado que ele vai trazer para sua carreira, não para o seu ego. Se lembre que este é o seu trabalho, você precisa de resultados concretos. As vezes você vai precisar fazer algumas coisas que não são as suas favoritas. Portanto se acostume com a ideia de que apesar da música ser algo prazeiroso para a maioria das pessoas, ela é também o seu trabalho e precisa ser tratada como tal. Assim com em qualquer outra profissão, haverá dias em que você quer fazer qualquer outra coisa, menos o que precisa ser feito no trabalho, isto é normal, mas você precisa seguir em frente e vencer os obstáculos um por um. O sucesso da sua empresa depende de você antes de qualquer outro fator.

3 - Identidade: Este tópico precisa ser detalhado, porque muitas pessoas entendem este conceito de maneira errada. Identidade é, basicamente, a maneira como o seu trabalho é apresentado, desde a sua forma de se vestir até as cores do seu site na internet. Eu particularmente acredito que o artista precisa ser algo diferente do que você é na vida pessoal, ele tem que ter algo que o faça diferente, que lhe dê uma certa “magia”. Mas como você pode ser algo diferente de você mesmo? Bem, você precisa criar um personagem. Sim, é exatamente isto que você leu, você precisa assumir um personagem. Este personagem vai ser aquilo que você quer que ele seja, e você vai usar ele todas as vezes que se apresentar em público. Talvez você nunca tenha parado para pensar a respeito disso, mas provavelmente o seu maior ídolo é um personagem, criado e executado por uma pessoa que você não faz a menor idéia de como seja na vida real. Por mais que você assista documentários, leia entrevistas, e acompanhe todos os passos do artista, dificilmente você vai saber como a pessoa por traz do personagem é quando as luzes se apagam e as câmeras param de filmar. Desde os anos 80 a música passou a ter um apelo visual muito maior, o mercado musical hoje se baseia na imagem que o artista transmite como fator determinante de sucesso. As pessoas não buscam o “normal” e comum em um artista, elas querem ver alguém excêntrico, controverso, alguém que tenha aquela “magia” da qual eu falei antes. Você precisa achar esta magia e oferecer algo interessante para as pessoas.

Estas são as minhas três principais dicas para você começar a gerenciar sua carreira com eficiência. Se lembre que depois que o seu manager entrar nesta história, ele vai ser parte de praticamente todas estas decisões, portanto construa uma base desde o início, assim você não deixa nenhuma área da sua carreira sem uma base sólida e as chances do manager conseguir desenvolver oque você criou são muito maiores.

Um grande abraço a todos!

Acacio Carvalho

Veja também: Artigos recentes | Pesquisar artigos | Autores | Todos os artigos