Nathana Lacerda - Jornalista Taiana Bueno - Jornalista Rafael Ferraz - Jornalista Daniel Cury - Redator

Homenagem Batera: Dia Internacional da Mulher

08 de março de 2014, por Editorial
Diariamente provando ao mundo da música que bateria é, sim, coisa de mulher, as bateristas que já deram seu toque aqui no Site Batera são lembradas como representantes de todas as homenageadas neste Dia Internacional da Mulher. Hoje, 8 de março, nosso preito é com um pouco da contribuição dessas mulheres bateristas aqui no maior portal sobre bateria do Brasil.

Pioneira entre as mulheres dedicas à arte da percussão, Lilian Carmona já passou até por situação de preconceito na década de 80, mas "hoje tudo é muito diferente...", como contou em entrevista ao Batera. Ela ensina que "ouvir muitas vezes a mesma música antes de tocar, ajuda enxergar o espaço certo em que vai preencher com cores".

Outra inspiração às jovens bateristas, Amanda Naughton contou ao Batera que, para ela, o segredo foi se envolver na cena underground em Munique, na Alemanha, mostrando a necessidade de ser independente. Já Yara Oliveira, no último semestre de música popular na Unicamp, foi exemplo de talento ao ser selecionada para um programa de jazz em Ohio (EUA).

Quem também representa esse jovem e crescente time de mulheres bateristas é a vencedora do festival de bateria e percussão, "Batuka! Brasil International Drum Fest 2013", Ju Souc.

Seguindo o exemplo dos mestres Hermeto, Egberto e Naná, Simone Sou mostrou ao Batera que sem dúvida também é outra grande 'alma feminina que batuca e inspira'. Já a lição de Nicolle Paes é "não esperar o apoio de todos no dia a dia", e contou ao Batera que as vezes é difícil ter apoio até da família.
 
O Batera.com.br se orgulha de poder compartilhar a energia feminina com estas entrevistas. 
 
 

Comentários

Veja também: Artigos recentes | Pesquisar artigos | Autores | Todos os artigos