Redator/colaborador do Batera.com.br - notícias, entrevistas, artigos e biografias. Contato com assessorias de imprensa e produtoras, bandas, músicos, bateristas e percussionistas. Formado em jornalismo, músico e fotógrafo profissional (navios de cruzeiro internacional) e autônomo (produtos, eventos). Repórter em rádio AM; produtora de vídeo e TV; revistas especializadas (contas, marketing); jornais impressos; assessoria de imprensa (conteúdo, webrelease, redes sociais; SEO; Analytics).

Parabéns: Percussionista Naná Vasconcelos completa 70 anos hoje

02 de agosto de 2014, por Rafael Ferraz
Chamado de "el señor percusión" na Argentina e, reconhecido como "world's most famous virtuoso of the berimbau" nos Estados Unidos, o pernambucano Juvenal de Holanda 'Naná' Vasconcelos, hoje completa 70 anos de vida. Premiado e reconhecido mundialmente como um mestre da percussão, Naná recebe os "parabéns, no ritmo do site Batera".

Entrevistado aqui em 2013 sobre os diferentes timbres do barro e da madeira, hoje o percussionista que tira som até de panela, vai comemorar o aniversário fora dos palcos, mas festejando. Ele reservou o dia para inaugurar no centro de Recife (PE), o restô Vasconcelo's - cafeteria e restaurante.
 
O cardápio dos chefs Lívia Deodato e Eddie Junior, será preparado na cozinha contemporânea inspirada nos países onde o artista morou, mas com toque nordestino. O local será aberto hoje com amigos e convidados de Naná.

Nascido neste mesmo dia 2 de agosto, mas de 1944, em Recife, Naná é responsável por unir os três continentes - Europa, África e América do Sul, com sua música. Famoso propagador do berimbau, ganhou oito prêmios Grammy e eleito o melhor percussionista do mundo pela revista americana Down Beat, e outras publicações especializadas.
 
Antes de se tornar a autoridade mundial da percussão na atualidade, Naná se envolveu ainda jovem com os tambores do maracatu no Recife. Quando tinha apenas 12 anos, já tocava com seu pai na banda marcial da cidade.
 
Tocou no Rio de Janeiro com Milton Nascimento no fim dos anos 60 e, se apresentou em São Paulo com Geraldo Vandré - no III Festival Internacional da Canção, na década de 70Já vivendo na Europa, ainda acompanhou jazzistas como Egberto Gismonti e Pat Metheny, entre outros, além de formar o grupo de jazz Codona, no início de 1980.
 
Desde então, Naná Vasconcelos participa dos maiores eventos de música no Brasil e no mundo. Está sempre envolvido a projetos, shows, gravações e também se apresenta em pequenos festivais de artes espalhados no interior do País.   

 

SERVIÇO:
Vasconcelo's
Endereço: Rua Dr. Carlos Chagas, 135, Santo Amaro, continuação da Av. Mário Melo - Recife (PE)
Horários:  Restaurante - segunda-feira a domingo das 18h às 24h | Cafeteria - segunda-feira a sábado das 10h às 18h, e aos domingos das 10h às 16h
Informações: Telefones (81) 3423-7906 | 8349-1885
 

Galeria de imagens

Comentários

Veja também: Artigos recentes | Pesquisar artigos | Autores | Todos os artigos