Quatro dicas para superar a frustação nos estudos

15 de julho de 2011, por Danny Brown

Aprender a tocar bateria pode ser uma experiência extremamente frustrante para quem nunca ‘sentou’ no instrumento antes. É por isso que a maioria dos novatos desiste logo de início. Eles pensam: “Que droga, eu nunca vou aprender a tocar este instrumento”.

É verdade que algumas pessoas levam mais tempo para aprender do que outras, mas isso, definitivamente, não é razão para desistir. As pessoas devem ser pacientes consigo mesmas, em tudo o que se propuserem a realizar. Não é nada realista esperar tocar um instrumento da noite para o dia.

Lembre-se, a frustração é uma ocorrência natural em qualquer coisa nova que você se propõe a fazer. Mas ela é apenas temporária, se sua vontade for mais forte do que ela.

Há quatro pontos principais que devemos prestar atenção ao tocar a bateria ou qualquer outro instrumento. Digo mais, não apenas aprender a tocar, mas também tornar-se cada vez melhor e desenvolver novas habilidades. Aí vão eles:

1. Ser paciente!

Não é realista esperar a perfeição de um dia para outro. Leva tempo para desenvolver habilidades na bateria, uma vez que ela requer uma combinação de coordenação, técnica e timing, coisas que geralmente não são naturais.

É por isso que você deve desenvolver estas habilidades. Claro, é frustrante, mas tente manter a calma. Elas virão com a prática.

Pense em todas as coisas que você faz todos os dias que necessitam de coordenação, como andar, falar e comer. Essas coisas foram todas aprendidas. Você não era capaz de fazer qualquer uma delas de maneira adequada quando você era um bebê. Mas você as desenvolveu. Claro que você ficou frustrado, mas ainda assim aprendeu, porque tinha que fazer. Não houve escolha. São coisas que o ser humano necessita fazer para sobreviver.

Você tem uma escolha quando se trata de sua bateria? Claro que sim. A questão é: “quão ruim você quer sobreviver como baterista?”.

2. Prática, Prática!

Como eu disse, as habilidades na bateria requerem uma combinação de coordenação, técnica e timing, e isso certamente virá com a prática. Aqui a questão é: “você vai suportar a frustração que você deve passar para poder desenvolvê-las?”.

A principal coisa a lembrar é que, quando você sente que está começando a ficar realmente irritado... Pare! Tente novamente [mais tarde]. Às vezes, quanto mais você tenta praticar de uma maneira frustrada, pior você fica. A melhor coisa a fazer é dar uma pausa e começar novamente numa outra hora.

Outra coisa a lembrar sobre a prática da bateria é... Eu não acho que você deve praticar exaustivamente num período determinado de tempo.

Há realmente uma espécie de magia que acontece quando você dedica um pouco de tempo diário ao estudo da bateria. E, se você é capaz de manter uma prática de pouco tempo, porém diária, será fácil de controlar como você está progredindo, porque suas melhorias serão perceptíveis. O que irá mantê-lo definitivamente inspirado!

3. Não se compare!

Por alguma razão bateristas sempre comparam as suas próprias fraquezas com as forças de outros bateristas. Não há realmente nenhuma maneira de se sentir bem consigo mesmo se você fizer isso. Não é justo, e não há lógica nisso. Apenas esteja consciente disso.

O seu estilo de tocar bateria é o seu próprio, e você deve desenvolvê-lo o melhor que puder. Você não precisa tocar como qualquer outra pessoa. Claro, é bom se você puder aprender alguns ‘truques’ com outro baterista, mas existem alguns ‘truques’ seus que estão apenas adormecidos. Talvez se você parar de se concentrar em ser tão parecido como seu baterista favorito você possa trazer suas próprias qualidades à tona.

Seja seu próprio melhor amigo e perceba que você tem algo especial que o mundo precisa ouvir.

4. Mantenha sua paixão!

Procure lembra-se sempre do seu sonho de se tornar um grande baterista, isso vai te guiar pela estrada que te leva aonde você quer chegar.

Quando você se desviar dessa estrada, olhando para os obstáculos em seu caminho, ficará desanimado e, eventualmente, desistirá. Trabalho, família e responsabilidades de todos os tipos conseguem distraí-lo de seu tempo dedicado à bateria. Procure gerenciar bem o seu tempo e programar-se. Não deixe que a cauda abane o cachorro! Permaneça no controle.

Aqui estão... Quatro dicas para superar a frustração com o seu sonho de ser um bom baterista. Se você aplicar estas quatro dicas você poderá levar seu nível de satisfação na bateria para onde quiser.

Danny Brown is the author of the "How to Play Drums" e-Letter! Learn toplay the drums and excel – Subscribe to his FREE Drum Tips e-Letter anddownload his FREE Special Report: Drummer Essentials at: http://www.dbdrumtips.com

Veja também: Artigos recentes | Pesquisar artigos | Autores | Todos os artigos