Rock - parte 1

09 de outubro de 2011

Olá pessoal. Atendendo aos inúmeros e-mails, neste artigo vamos demonstrar alguns ritmos básicos de rock com variações para o bumbo e para a caixa. A introdução trata da contagem dos tempos.

Pratique os exercícios com muita atenção, num andamento lento e, de preferência, com um metrônomo ou juntamente com suas músicas favoritas.
 
Contagem dos Tempos

Como você pode observar, um compasso de 4/4 tem quatro grupos de duas colcheias. Especialmente no início, é importante contarmos os tempos em voz alta. Conte da seguinte maneira: 1 e 2 e 3 e 4 e. Cada tempo do compasso é identificado por um número.


Se quisermos determinar o ponto exato onde se encontra a nota destacada no exemplo acima, devemos dizer que ela está no “e” (contratempo) do quarto tempo. Esteja certo de que você compreendeu este conceito, caso contrário, quando trabalharmos com contagens de compasso [mais adiante], você ficará “perdido”.

Neste exemplo, temos a caixa no segundo e quarto tempo do compasso:


Neste exemplo, temos o bumbo no primeiro e terceiro tempo do compasso:
 
 

Juntando os dois, temos:

 
Variações de Bumbo

Num padrão básico de Rock, a mão direita toca colcheias no chimbal fechado, a mão esquerda toca os tempos 2 e 4 na caixa e o pé direito toca uma variedade de figuras no bumbo.

Inicialmente, estes exercícios devem ser praticados num andamento lento, para que você possa prestar atenção na sequência dos movimentos das mãos e pés. Assim que eles forem ficando fáceis, o andamento deve ser aumentado aos poucos, pois devemos estar aptos a executar todos os ritmos em qualquer andamento que for pedido.

Todos os exemplos possuem duas versões. A primeira com a mão direita no chimbal e a segunda com a mão direita no prato de condução. Também deve ser feita a passagem do chimbal para o prato de condução sem parar o ritmo.

Instruções:

1.Fazer os exercícios no chimbal;
2.Fazer os exercícios no prato de condução;
3.Fazer 4 compassos no chimbal e 4 compassos no condução.


áudio 1    áudio 2    áudio 3    áudio 4    áudio 5    áudio 6    áudio 7    áudio 8


Lembre-se de prestar atenção também à relação de volume entre as peças (no caso o bumbo, caixa, chimbal e prato de condução) e à sonoridade que está sendo obtida. Procure também, contar os tempos em voz alta.

 
Variações de Caixa

Podemos ter também variações para a caixa.

Veja alguns exemplos:


áudio 1    áudio 2    áudio 3    áudio 4    áudio 5    áudio 6    áudio 7    áudio 8
 

Revisão

Estas revisões devem ser feitas do início ao fim sem nenhum erro. Na primeira vez com a mão direita no chimbal e na segunda vez com a mão direita no prato de condução. Se houver dúvida em algum ritmo, você deve estudá-lo separadamente.

Exercício 1


 
Exercício 2



Dúvidas ou sugestões: magoo@batera.com.br

Veja também: Últimos estudos