Baterista deixa Calypso desejando sorte ao casal

10 de outubro de 2015, por Rafael Ferraz
Foto: Reprodução/Divulgação 
 
A separação da cantora Joelma e o guitarrista Chimbinha, também teve consequências negativas à cozinha banda Calypso. Depois do empresário Claudio Melo anunciar sua saída, a banda sofreu com mais uma baixa: a saída do baterista  Teobaldo 'Juquinha' Junior, entrevistado pelo site Batera, em 2014. Além disso, o ex-marido da cantora - que já usa o nome Joelma Calypso, seguirá fora da banda, sendo substituído pelo guitarrista Ian Marinh. 
 
Foto: Reprodução/Facebook
 
A banda, que está em turnê divulgando o recente álbum dos 15 anos de carreira, informa que a agenda de shows segue sendo cumprida. No entanto, segundo o jornal Agora S. Paulo, Juquinha deixou suas funções na última segunda-feira (5). Ele foi atingido no olho por um objeto atirado ao palco durante show em Teresina, após episódio que envolveu violência do público.
 
Foto: Reprodução/Facebook
 
O site Batera procurou o músico para se pronunciar:  "A única coisa que eu desejo é muita paz e alegria aos meus dois ex-patrões, os quais tenho muito apresso. Estou bem, descansando e me recuperando do acontecido, até o final do ano... e em 2016 voltarei ao trabalho. Por enquanto, só estudando e aperfeiçoando o dom que o meu grande Deus me deu!", disse Juquinha. 
 
Foto: Reprodução/Facebook
 
Especialista nos inúmeros gêneros presentes na música brega, como o Boi-bumbá, Carimbó, Cumbia, Forró, Lambada e Siriá, entre outros ritmos do norte, Juquinha foi chamado em junho de 2005 para assumir a bateria da Calypso - banda que ele sempre fez questão de agradecer e enaltecer, por toda conquista nesses últimos anos.
 
Como percussionista,  Teobaldo "Juquinha" Jr. já acompanhou grupos como Os Paralamas do Sucesso, e bandas de artistas como Zé Ramalho, Bruno e Marrone, Fagner e Leonardo, entre outros.
 
 


Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias

Comentários