Campinas recebe vários shows gratuitos durante o mês

05 de janeiro de 2015, por Rafael Ferraz
Iniciada domingo (4), a programação musical gratuita em Campinas (SP) segue até o dia 1º de fevereiro, com shows de choro, samba, MPB, salsa, rap e música instrumental na unidade do Sesc. O trio "Sanfonias", com Loudes Degani (sanfona), Nelson Cardoso (percussão) e Fabiano Pires (cordas), abriu a programação com choro instrumental e clássicos da MPB.

Já o duo de cordas formado pelos músicos Rafael Thomaz e Guilherme Lamas, realiza quatro apresentações de choro no horário de almoço do projeto "Canja no Almoço". Os shows acontecem nos dias 7, 14, 21 e 28 de janeiro como homenagem ao compositor Aníbal Augusto Sardinha, o "Garoto", a partir das 12h30 na área de convivência do Sesc.

No dia 11 de janeiro, o grupo piracicabano "Água de Vintém" formado por Saulo Liga (cavaco), Xeina Barros (pandeiro), Vitor Casagrande (bandolim e violinha tenor), Paula Borghi (violão) e Marcos Godoy (violão sete cordas) se apresenta no galpão multiuso, às 11h. A partir das 16h, a "dama do samba campineiro" Aureluce Santos abre a roda de samba acompanhada de outros quatro músicos.

Na sexta-feira (16), banda de Araraquara "Fábrica Latina" aposta no repertório de salsa e pop latino. O show começa a partir das 18h, com aula de dança, e às 18h30 terá apresentação dançante no galpão multiuso. No domingo (18), o Grupo Inquérito faz seu show de rap "Corpo e Alma", com músicas inspiradas no cotidiano e o som das ruas, a partir das 16h, também no galpão.

Os grupos "Choro da Casa" e "Casa Caiada" se apresentam domingo (25) no mesmo galpão multiuso. O grupo de choro abre o dia a partir das 11h com a execução de estilos musicais como o maxixe, samba, polca e valsa na forma de choro. A banda "Casa Caiada" revela a nova geração do samba campineiro a partir das 16h, prometendo novos arranjos e um repertório diferenciado.

O percussionista e compositor valinhense Phelipe Agnelli realiza um show com o instrumento inventado na Suíça "Hand Pan", também conhecido como "Bells", na Capela Nossa Senhora da Boa Morte, localizada no Centro de Campinas, a partir das 16h do sábado (31).

O projeto que termina a programação musical no dia 1º de fevereiro vai misturar a performance de hip hop do MC Leser com a música afrobrasileira e improvisação de jazz do grupo Bambáfrica. O repertório autoral busca reunir a musica instrumental com os movimentos culturais da periferia a partir das 16h, no galpão multiuso.
 
O Sesc Campinas fica na rua Dom José I, 270, Bonfim. Informações no telefone (19) 3737-1500.
 

Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias

Comentários