Expresso Jazz SP

27 de junho de 2012, por Site Batera
Nos dias 30 de Junho e 1º de Julho de 2012, acontece o Festival Expresso Jazz São Paulo. Em sua terceira edição, o festival apresenta sete bandas de Jazz da cidade de São Paulo, entre elas, dois nomes importantes na história musical da cidade, Tito Martino Jazz Band e Trio Corrente, e, dividindo o palco, mais cinco bandas da nova geração do jazz instrumental paulista: Marcelo Monteiro Trio, Anderson Quevedo Quarteto, André Juarez e Le Petit Comitê, Skafandros e Martinez.

Além dos 7 shows, o festival também realizará duas palestras sobre Jazz, uma sobre o Jazz de Raiz, ministrada por Tito Martino e outra sobre o Jazz Contemporâneo, ministrada por Arismar do Espírito Santo. Teremos também uma Oficina de Lindy Hop ministrada por Francisco Nogueira e uma Feira de Vinil completando as atividades do fim de semana.

O festival tem como objetivo, segmentar a história evolutiva do jazz dentro da cidade de São Paulo, apresentando novos talentos e suas manifestações mais atuais do estilo musical, junto a artistas mais tradicionais, visando consolidar mais uma fase nessa evolução. Essa união busca a formação de público para os novos artistas bem como a fusão de gerações e estilos do Jazz num só festival. Além de incentivar e informar a nova geração de consumidores dessa cultura que está a cada ano mais criativa, o festival pretende resgatar a veia musical original da metrópole, valorizar a cultura local paulista , popularizar os variados segmentos do gênero musical e proporcionar aos novos artistas a oportunidade de se apresentar para um grande público.

Em parceria com a Associação Cultural Casa das Caldeiras e Bar Brahma, realização Erativa Cultura e Comunicação e apoio do Fundo Nacional de Cultura, Ministério da Cultura e Governo Federal festival terá ingressos gratuitos.

 
Programação

Sábado 30/06

Local: Bar Brahma. Av São João 677. Centro São Paulo.
Consumação R$20,00 – Capacidade: 350 pessoas

21h Palestra Arismar do Espírito Santo
23h Show Martinez
00h Show Trio Corrente

Domingo 01/07

Local: Casa das Caldeiras. Av. Fco. Matarazzo, 2000. Água Branca. São Paulo
Entrada Franca – Consumação Livre – Capacidade: 800 pessoas

14h Palestra Tito Martino
15h Oficina de Lindy Hop
16h Show Anderson Quevedo Quarteto
17h Show Andre Juarez e Le Petit Comité
18h Show Marcelo Monteiro Trio
19h Show Skafandros
20h Show Tito Martino Jazz Band

Informações e reservas: http://www.festivalexpressojazzsp.com.br


Artistas

Trio Corrente

Nos últimos dez anos, o Trio Corrente – Fabio Torres, Paulo Paulelli e Edu Ribeiro - vem criando um som original, interpretando de forma única os clássicos do choro e da MPB, além de um crescente repertório autoral. Nas performances do Trio, aliam-se em um agradável equilíbrio solos virtuosísticos e momentos de rara sutileza.

 
TitoMartino Jazz Band

Em sua longa carreira no Jazz Tradicional Tito Martino foi aplaudido juntamente com seus diversos conjuntos em Festivais de Jazz em New Orleans, Lyon, Buenos Aires, em Breda (Holanda), em Cheserex e Ascona (Suiça), gravou 8 LP’s e 4 CD’s, produziu e apresentou programas de Jazz na TV e FM Cultura, criou e liderou durante 20 anos o extinto Traditional Jazz Band (o original), criou e dirigiu o OPUS 2004. Conversou com Louis Armstrong e Duke Ellington, tocou com Oscar Peterson, Teddy Wilson, Louis Nelson, Cat Anderson, Wally Rose, figuras mitológicas do Jazz, em memoráveis Jam-Sessions.


Martinez

Fundada pelo guitarrista Rafael Martinez em 2008, a banda conta com Beto Montag, no  vibrafone, marimba e percussão, Daniel Xingu, no baixo, e Nandinho Thomaz na bateria. O som do quarteto é uma fusão de jazz, funk e rock, como eles próprios definem. O repertório do show traz temas de autoria de Rafael Martinez, completado com releituras jazzísticas de clássicos do cancioneiro nacional e internacional. Em 2009, lançaram o CD Martinez, que é a consolidação de seis anos de experiência.


Anderson Quevedo Quarteto

Saxofonista, flautista, compositor e arranjador Anderson Quevedo lança seu 1º trabalho solo acompanhado de piano (Mauricio Fernandes), baixo acústico (Rafael Ferrari) e bateria (Mauricio Caetano). Em seu primeiro disco intitulado “Passeio”, selecionou nove composições que ilustram o seu pensar musical, abrangendo influências da música brasileira, do jazz e da música erudita. Suas composições se aproximam da síntese cultural paulista, que com naturalidade bebe de todas as fontes para fomentar a atual arte urbana, sem perder a identidade musical originária de sua formação (o samba, o baião, do choro aos improvisos do jazz combinados com a elegância da bossa nova).


Marcelo Monteiro Trio

Marcelo Monteiro já se apresentou com diversos artistas como sideman, entre eles: Elba Ramalho, Moraes Moreira, Alceu Valença, Junio Barreto, Ortinho, Cauby Peixoto, Rita Ribeiro, Maria Alcina, Luís Wagner, Marku Ribas, Agnaldo Timóteo, Vânia Bastos, Virgínia Rosa, Emicida, Zezé Motta. Já dividiu palco com Arnaldo Antunes, Jorge Mautner, Gilberto Gil, Zélia Duncan, Paulinho Moska, Wanderleia, Edgard Scandurra, Luís Melodia, Luiza Possi,  Mariana Aydar, Arrigo Barnabé, Wilson Simoninha, Fernanda Porto, Chico César, Macaco Bong, Pepeu Gomes, entre outros.

Foi integrante do Projeto Cru, onde fazia parte também o baixsta-produtor-pesquisador musical Alfredo Bello e a percussionista-baterista Simone Sou, com o Projeto Cru fez diversos shows pelo Brasil afora e ainda compuseram a trilha sonora do filme O Amor Segundo B. Shianberg, de Beto Brant. Tocou nas bandas Comadre Fulozinha, junto com Karina Buhr, banda DonaZica, Bixiga 70, Freegideira, DJ Tudo e sua Gente de Todo Lugar, onde fez shows pelo Brasil, Portugal, Bélgica e Londres.

Gravou dezenas de discos, entre eles Cem Anos de Adoniran Barbosa, Cem Anos de Ataulfo Alves, Cauby canta Roberto Carlos, CD e DVD Cauby canta SInatra (onde fez os arranjos de metais), Zezé Motta, DVD de Agnaldo Timóteo, Porcas Borboletas, Cérebro Eletronico, Simone Sou, Ortinho, Junio Barreto, Iara Rennó, Pedra Branca, Projeto Nave, Pipo Pegoraro, entre outros.


Skafandros

Formada no início de 2011 à partir da união de nove estudantes de música do Instituto de Artes da UNICAMP, a banda Skafandro´s possui o objetivo de trazer para o público, da maneira mais fiel, o som e a atmosfera do Ska jamaicano. Para isso a banda busca ser fiel aos timbres e instrumentação jazzística do ska e foca-se no repertório instrumental produzido na Jamaica entre 1962 e 1966, além de bandas atuais que igualmente revivem os elementos musicais produzidos no período citado. No repertório estão bandas clássicas da Jamaica seiscentista como Skatalites, Don Drummond e The Supersonics, além de outras mais atuais como Hepcat, Tokyo Ska Paradise Orquestra e New, York Ska Jazz; o repertório também conta com músicas de autoria da própria banda.

Desde sua formação, o Skafandros vem se apresentando em diversas cidades do interior do estado, como Campinas, Limeira, Engenheiro Coelho, Jaguariúna, Sorocaba, entre outras. Recentemente a banda foi contemplada por um edital de fomento do PROAC – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo, para a gravação de seu primeiro álbum – “Train to Skavilla” que será lançado em agosto de 2012. O álbum de estréia da banda propõe um diálogo entre a linguagem do ska com a música do compositor Heitor Villa Lobos, sendo que estão sendo adaptadas para o estilo jamaicano, algumas composições do maestro e compositor brasileiro.


André Juarez e Le Petit Comité

Criado em Boston (EUA) em 2001 pelo vibrafonista André Juarez, o grupo tem como principalcaracterística uma sonoridade refinada, porém popular e de fácil comunicação com o público. Com muitogroove e improvisos alucinantes, o repertório é formado por uma fusão de estilos (Acid Jazz, Funk, Blues),o que é denominado por Jazz Fusion. O Petit Comité já se apresentou em palcos como o do BourbonStreet, SESC (unidades Pompéia, Consolação, Vila Mariana e Interlagos), Tom Brasil, Bar Brahma, Opus2004; nas rádios Kiss FM, USP FM, Bandeirantes AM, Jovem Pan AM; além de shows de rua, como naAlameda das Flores (av. Paulista), Teodoro Sampaio e o centro histórico de Paraty (RJ).Em sua formação atual, conta com André Juarez – vibrafone MIDI, mallet kat e arranjos; Luis FernandoRovai – violão e guitarra; Jérôme Charlemagne – saxofones (soprano, alto e tenor); Cassiano Nogara -baixo elétrico; e Fabrício Chrispim – bateria e percussão.
Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias