Fim do som ruim: Baterista cria tecnologia para melhorar o som das casas de show

07 de junho de 2013, por Editorial
Cansado de presenciar problemas relacionados à qualidade do som em suas apresentações, o baterista dinamarquês Niels W. Adelman-Larsen criou uma tecnologia que promete transformar qualquer casa em um lugar propício à música de todos os estilos, do clássico ao rock.
 
O sistema, desenvolvido durante um curso de acústica na Universidade Técnica da Dinamarca, é baseado em um conjunto de estruturas infláveis capazes de absorver o som ambiente. 

O baterista afirma em um comunicado à imprensa que ao inflar e desinflar os módulos, os técnicos poderão controlar melhor a propagação das ondas sonoras no espaço.
 
Larsen explica que uma orquestra, por exemplo, precisa de uma sala que impulsione para frente o som dos instrumentos. Isso é alcançado com revestimentos que aumentam o tempo de reverberação (o intervalo durante o qual o som pode ser ouvido antes de desaparecer). “Um tempo de reverberação maior é necessário para concertos de música clássica”, explica o baterista e  pesquisador.
 
Entretanto, se uma banda de rock for tocar no mesmo local usado com sucesso por uma orquestra, o resultado pode ser desastroso, já que esse estilo musical utiliza poderosos amplificadores elétricos. Numa sala em que os sons demoram a “morrer”, ou seja, ficam reverberando por muito tempo, o resultado acaba sendo o de notas sobrepostas, confundindo quem está ouvindo. “Um espaço de música ao vivo precisa ter a habilidade de acomodar diferentes formas de acústica”, defende Larsen.
 
Para fazer com que o sistema inflável absorva o som, o dinamarquês o recobriu com membranas impermeáveis feitas de folhas plásticas resistentes ao fogo. Ao serem infladas, as folhas vibram, reduzindo a reverberação. Se a ideia for deixar o som se propagar livremente, bastará apertar um botão e retirar o ar do sistema. O material, diz, pode recobrir as paredes e os tetos de casas de show e teatros. 

Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias

Comentários