Gravadora de Iron Maiden e Megadeth é vendida para a BMG

20 de fevereiro de 2013, por Editorial
A empresa Universal Music Group, um dos maiores grupos de gravadoras da indústria fonográfica, e pertencente ao grupo multinacional Vivendi SA, decidiu vender a gravadora Sanctuary Records, uma das maiores gravadoras independentes do Reino Unido. A BMG, da Sony, foi quem comprou a gravadora de bandas como Black Sabbath, Iron Maiden e Megadeth, por US$62 milhões. 

A venda da Sanctuary Records faz parte das obrigações impostas pelas agências reguladoras europeias, que exigiram a venda após a compra do grupo EMI pela Universal Music Group, evitando assim que haja monopólio do mercado.

O principal executivo da BMG, Hartwig Masuch, afirmou estar feliz com a oportunidade de trabalhar com os artistas que carregam o selo Sanctuary. "Acreditamos que esta compra é uma boa notícia aos artistas, parceiros, ao setor independente e à indústria fonográfica como um todo", afirmou Masuch. No entanto, o editor do site Music Week declarou à emissora britânica Sky News que os custos da compra da Sanctuary vão precisar de muitas vendas de novos álbuns para serem pagos, e que os artistas tendem a depender da participação dos lucros, tornando-se mais arriscado para eles.

Além da Sanctuary Records, a Universal Music já havia vendido a gravadora Parlophone, selo que possui bandas como The Pet Shop Boys e Coldplay, além da cantora Tina Turner. Neste caso, a compradora foi a Warner Music Group, que pagou US$784 milhões.

Será que essa mudança no comando vai alterar o perfil da empresa e refletir de alguma maneira no som das bandas que circulam por este selo? É abrir os ouvidos e ficar atento para saber!"
Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias