Journey presta ajuda às vítimas do furacão nas Filipinas

21 de novembro de 2013, por Editorial
A banda Journey, liderada pelo filipino Arnel Pineda, consegui doar 350 mil dólares para auxiliar as vítimas do tufão que devastou as Filipinas. O vocalista Pineda, natural da capital Manila, mandou uma mensagem a sua terra natal em referência à famosa canção “Don’t Stop Believin” - que em português significa “não pare de acreditar”.

A verba vai suprir o Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas (WFP), que fornece assistência alimentar aos filipinos, e que será convertida em 1,4 milhão de refeições. Além deles, as organizações a Live Nation Entertainment, a agência Creative Artists e o empresário e agente da banda, John Baruck, também ajudaram nas doações.

Pineda esteve com o diretor-executivo do Programa, Ertharin Cousin, na sede do WFP em Manila para o anúncio da doação e o apoio. "Não parem de acreditar, a ajuda está a caminho para o povo das Filipinas", disse Arnel Pineda, que lidera os esforços para mobilizar novas parcerias. 

"Estamos honrados em ter o apoio do Journey e a liderança de Arnel Pineda nesta incrível doação para ajuda de emergência nas Filipinas", disse Hunter Biden, presidente do conselho do Programa Alimentar nos EUA. "Seu apoio vai fazer uma grande diferença para muitas crianças filipinas e famílias em necessidade", completou. Os danos calculados somam mais de 200 milhões de euros.

Ao todo, o tufão Haiyan devastou 574 municípios das Filipinas, deixou mais de 4 mil mortos, cerca de 19 mil feridos e mais de 1,5 mil desaparecidos, de acordo com o Conselho Nacional de Gestão e Redução de Risco de Desastres. Os piores danos foram na província de Leyte, a mais atingida pelo tufão que afetou pelo menos 9,9 milhões de pessoas e 400 mil alojadas nos 1.526 centros de abrigo.
Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias

Comentários