Journey substitui baterista detido por agressão

21 de junho de 2015, por Rafael Ferraz
 
Para os próximos shows, o Journey contará com Omar Hakin como baterista, segundo comunicado no facebook da banda. Ele substitui Deen Castronovo, preso no último domingo, por violência doméstica. Foi a segunda detenção do músico pelo mesmo motivo. Entre outros, Omar trabalhou com David Bowie, Sting, Dire Straits, Weather Report e Miles Davis.
 
 Deen Castronovo já foi preso em 2012 por agredir a ex-namorada (Foto: Reprodução)
 
"Nós do Journey tomamos a decisão de chamar Omar Hakim para tocar bateria nos próximos shows da banda nos EUA (Hollywood Bowl no sábado, 20 de junho, no evento Stadium of Fire em Provo, Utah no sábado, 4 de julho), assim como na turnê da banda no Canadá (6 de julho ? 3 de agosto), devido as pendências de Deen Castronovo. Estamos muito gratos a Omar, contribuindo com sua excelência musical."
 
Omar Hakin (esq.) e o guitarrista Neal Schon (Foto: Reprodução/Facebook)
 
Também em sua página no facebook, o baterista que desenvolveu sua carreira no jazz, jazz fusion e música pop, expressou o sentimento ao ser convidado para substituir Deen:
 
 
"Como um fã de longo tempo do Journey, devo dizer que estou surpreso e sufocado pelo rumo dos acontecimentos dos últimos dias. Deen é um baterista incrível e um cantor super talentoso, e minhas mais profundas orações estão com meu irmão da bateria! Eu sempre amei esse tipo de bandas, desde o início, e eu vou fazer o meu melhor para preencher essa vaga até que tudo volte ao normal. Agradeço as amáveis palavras dos fãs e estou ansioso para ver todos vocês por aí, na turnê! Paz e amor para todos vocês! ~ OH".
 
 


 
Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias

Comentários