Krist Novoselic

08 de julho de 2012, por Site Batera
O Nirvana nunca tocou no CBGB porque o agente da banda exigia uma taxa extra de US$ 300, disse Louise Parnassa-Staley, organizador do CBGB Festival, a Krist Novoselic. A revelação foi feita durante o discurso do músico e ativista no festival, na última quinta, 5. “Putinhas do rock corporativo, nós éramos”, brincou o ex-baixista do Nirvana. “Tchau, tchau, anarquia.”

A participação de Novoselic no Landmark Sunshine Cinema deu início a uma maratona de quatro dias e 300 bandas no evento que homenageia o clube, berço do punk em Nova York, fechado em 2006. Novoselic passou uma hora falando sobre Kurt Cobain, as bandas que foram inspiração para que ele começasse a tocar baixo (entre elas, as lendas do CBGB Talking Heads, Blondie e Ramones) e como ele fez a transição da música para a política com o FairVote, uma ONG que busca e aumentar a participação nas votações por meio de uma maior transparência nos gastos de eleições federais. “Eu não quero ser um agente de mudança por ser celebridade. As pessoas têm que decidir por elas mesmas”, disse.

Em entrevista à Rolling Stone antes de seu discurso, Novoselic disse que se interessou por política pela primeira vez aos 19 anos, em Aberdeen, Washington, quando votou para o democrata Walter Mondale, em vez de Ronald Reagan, em 1984. Recentemente, ele participou do Partido Democrata, até que saiu, em 2009. “Eu estava desiludido. Não era uma organização de base. Poderia ser se os democratas quisessem, mas eu não estava tendo um bom retorno pelo meu tempo e minha energia. Agora sou [do partido] Independente”, ele disse, adicionando que neste ano vai dar apoio a candidatos de todos os partidos.

No quesito música, Novoselic raramente toca baixo atualmente, mas admite que ficou obcecado no ano passado em aprender “Light My Fire”, do Doors, no acordeom que Cobain deu para ele anos atrás. “Eu peguei toda aquela parte do solo”, contou Novoselic. “Meu [Ray] Manzarek está sendo canalizado.”

Ele também tem planos de trabalhar novamente com Dave Grohl, com quem colaborou pela última vez em uma música no disco Wasting Light, do Foo Fighters. “Acho que tem alguma coisa sendo preparada”, Novoselic deu a dica. “Pergunte a Dave.” Até a hora do fechamento deste texto, Grohl não havia comentado sobre o assunto.

Fonte: Rolling Stone
Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias