Mercado de entretenimento ganha nova Rede Social que facilita contratação de artistas

06 de agosto de 2015, por Rafael Ferraz
O setor de entretenimento agora tem novo aliado, a Making Sound - plataforma similar às redes sociais, para facilitar a comunicação e negociação entre artistas e contratantes. "As informações e os trabalhos dos profissionais das artes podem ser divulgados no site e consultados pelas empresas através de filtros e métricas", promete comunicado da assessoria de imprensa.
 
O lançamento oficial da plataforma Making Sound será no próximo dia 14 de agosto, em evento para jornalistas, produtores e convidados do setor, que acontece no interior de São Paulo, em Campinas. 
 
 
"Notei que muitas contratações não eram finalizadas por não haver um meio facilitador entre as duas pontas, tanto para a empresa conhecer e entrar em contato com o artista, quanto para que as informações certas fossem transmitidas ao estabelecimento contratante, assim, desenvolvemos esta plataforma que contribuirá para o mercado de entretenimento a nível nacional", explica o diretor executivo da agência Making Comunicação, Arian Tokuda.

A plataforma oferece três categorias para cadastro:

No perfil corporativo, que é gratuito, gestores e empregadores culturais, como bares, casas noturnas de shows e espetáculos, agências de modelo e publicidade, podem pesquisar e acessar os materiais institucionais, como releases, fotos, vídeos, agenda e orçamentos dos artistas inseridos em sua própria página no site. Ainda é possível enviar mensagens via chat online e interagir com os perfis. 
 
 
Os artistas profissionais e amadores do segmento de artes cênicas (cinema, dança e teatro), audiovisual, música, artes visuais e integradas podem fazer a inscrição mediante taxa mensal de acordo com o plano escolhido. A Making Sound oferece três opções:

"Iniciando seu caminho: é o plano mais básico que a startup oferece. Indicado aos artistas iniciantes, o perfil permite o acesso à área de contratantes, possibilita carregar arquivos de até 350mb em sua página no site, receber notificações e mensagens das empresas cadastradas e relacionar-se com outros perfis artísticos.

Fazendo do seu hobby, um negócio: como uma opção intermediária, possui as mesmas vantagens do plano básico, mas conta como diferencial o acréscimo de um botão, o qual aciona o contratante via inbox sobre o interesse do artista. Posteriormente a empresa também poderá fazer o download dos até 500mb de arquivos do mesmo.

Making Sound, sua plataforma de trabalho: como a opção mais completa que a companhia oferece, dispõe dos benefícios dos planos anteriores, mas apresenta como um novo recurso a opção multiperfil aos artistas que tenham mais de uma diretriz de carreira. A empresa ainda disponibiliza neste plano a possibilidade de inclusão dos materiais destes profissionais em suas propagandas institucionais."
 
 
"A Making Sound também conta com o apoio de informadores, pessoas aptas a irem até as empresas contratantes para apresentar a plataforma e fazer o cadastro na nova rede social", garante a nota.

Promovendo a cultura como um dos valores, a Making Sound até permite que as pessoas façam um perfil público sem o vínculo artístico ou corporativo. "Assim, com o objetivo de descobrir e acompanhar novos nomes ou apenas por gostar do tema, a startup também dá a oportunidade para que a sociedade acompanhe as notícias e os meios de entretenimento do segmento", finaliza o comunicado que avisa: "A pré-inscrição na plataforma já está disponível no site", clicando aqui.
 
 
 
Making Sound Site | Facebook


Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias

Comentários