Rosa Rosah lançará disco Rainha de Bateria

10 de fevereiro de 2015, por Rafael Ferraz
Com samba, pop e MPB, Rosa Rosah lança disco com mesmo nome da música de trabalho Rainha de Bateria. A composição de Lina de Albuquerque e David Pasqua, homenageia as figuras que marcam o carnaval, personagem dos morros cariocas ou de comunidades de São Paulo.
 
"Rainha de Bateria é um presente. Sinto que cumpro meu papel, interpretando essa canção que expressa de forma tão emocionante a história real de uma rainha de bateria", diz Rosa. O CD será lançado depois do carnaval, incluindo o formato digital. 

Repleto de composições de outros artistas como Virgínia Rosa, Chico César, Fernanda Porto, o disco ainda revela parcerias em Coca Co Bola (Joao Linhares), Brincadeira (Chico César), Vira e Mexe (Janaina Pererira e Marco Matttoli), Vou na Vida (Swami Junior e Virgínia Rosa), Samba dos Outros (Lina de Albuquerque e David Pasqua).
 
"A canção celebra as rainhas de bateria verdadeiras, genuínas, aqueles que incorporam na pele e na alma o suor do ano inteiro, batalhando o seu ganha pão de norte a sul do país, na raça e na força, para, num só dia, incorporar o espírito glorioso da batucada brasileira", diz a cantora de carreira que passa pela música latina, cubana, salsa e bossa nova.
 
Já a compositora Lina de Albuquerque ressalta a fonte de inspiração para sua criação: 

"Quando pensei em um samba sobre a figura da rainha da bateria, tinha em mente aquela personagem dos morros cariocas, e também de algumas comunidades de São Paulo, que passam suas vidas esperando por aquele momento de glória, o de ser coroada rainha de bateria da sua escola ou comunidade. Essas pessoas são escolhidas por ter um papel de destaque e relevante nos lugares em que vivem."

Em sua carreira, Rosa Rosah é sempre acompanhada de grandes músicos da cena instrumental brasileira como, o baterista Giba Favery e o percussionista Luiz Rabello, além do cubano Yaniel Mattos (pianista), e o guitarrista da banda de Roberto Carlos, Elias Almeida, entre outros. Suas principais influências vêm de Maria Bethânia, Angela Ro Ro, Roberto Ribeiro, Elis Regina, Clara Nunes, Cartola, Celine Dion, Ella Fitz Gerald, João Donato, Gal costa, Leila Pinheiro, Lenine e Djavan.


REPERTÓRIO:
 
Abertura: Saudação à Oxum Maré (Tema de Dinho Nogueira com duração 2 minutos)

1 - Rainha da bateria - Lina de Albuquerque e David Pasqua
2 - Vira e Mexe - Marco Mattoli e Janaira Pereira (Samba)
3 - Samba dos outros - Lina de Albuquerque e David Pasqua (Samba)
4 - Vou na Vida- Swami Junior e Virginia Rosa (Ijexá)
5 - Coca Bola - João Linhares (Pop )
6 - Brincadeira - Chico César e Zezo Ribeiro (Pop)
7 - Aprenda a Calcular - Fernanda Porto (Latin samba)
8 - Makulelê - Gerson da Conceição (Salsa/Samba/Makulele)
9 - Parou Pagou - Robinho Negrão (Samba/Funk)
10 - Samba de Marco Matoli (em fase de finalização)
 

Galeria de imagens

Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias

Comentários