Travis Barker: Baterista lança autobiografia nesta terça (20)

17 de outubro de 2015, por Rafael Ferraz
Travis Barker 2014 | Foto: Reprodução/Billboard
 
Em recente entrevista à Billboard, o baterista Travis Barker antecipou um pouco da sua autobiografia, que será lançada no dia 20 de novembro. Intitulado Can I Say: Living Large, Cheating Death & Drums Drums Drums, o livro de memórias conta todos seus altos e baixos, o início da carreira na bateria, a caminhada do Blink-182 até o sucesso e o acidente de avião em 2008, que o deixou com algumas sequelas. 

A entrevista ressalta que "Travis Barker teve uma premonição sobre seu quase fatal acidente de avião: 'Estive perto da morte'". Ainda sem previsão de lançamento no Brasil, o livro "incrivelmente detalhado e honesto", como informa a publicação, revela que o baterista pensou que iria morrer durante o período mais difícil de seu vício em drogas, em 2004. 
 
 

O músico estava envolvido com entorpecentes quando a banda iniciou a turnê na Austrália, e mal conseguiu fazer o primeiro show. Ele diz que devido à crítica situação, a equipe contratou um segurança para conferir se o músico estava bem durante a noite. "Era patético. Na verdade, eu estava vivendo um dia de cada vez. Era um comportamento suicida, confessa. "Teve uma hora que eu pensei: 'merda, eu posso morrer amanhã'".

"Usei drogas desde muito novo, desde quando perdi minha mãe. Isso só mudou quando meus filhos nasceram. Eles mudaram a minha vida", declara antes de encerrar a entrevista à Billboard, que pergunta: "Você se considera OK hoje?"
 
E Travis responde: "Ah yeah, cara. Eu tenho o melhor apoio. Tenho minhas crianças, que são as mais incríveis. Eu não preciso de nenhuma medicação. Não vou a nenhum médico pós-traumático em seis anos. Eu tenho muito amor e felicidade fora tocar música e tocar bateria e os meus filhos. Não há nada melhor. Eu não poderia pedir mais."
 

Travis Barker Site | Facebook


Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias

Comentários