Virada Cultural 2013 é criticada pagar altos cachês

17 de junho de 2013, por Editorial
A Virada Cultural já havia recebido pesadas críticas por conta da segurança. Agora, o evento que atraiu milhares de pessoas para a capital paulista, muitas delas de bem longe está sendo questionado a respeito de outro ponto, o valor pago às atrações Alguns veículos especializados se preocuparam em divulgar informações sobre valores desembolsados pela prefeitura de São Paulo para trazer os artistas envolvidos às ruas da capital. Uma das publicações aponta que a Virada custou R$ 10 milhões. "Pelo menos 60% foram gastos com os 'cachês brutos' dos artistas. Isso inclui pagamento com passagens, custos de vistos, refeição, entre outros", diz uma matéria do Portal de notícias R7.

Foram altos cachês de bandas conhecidas, com destaque para Billy Cox, o ex-baixista de Hendrix, que veio de longe para tocar no evento. Carregando muito mais o nome do falecido guitarrista do que o próprio, para alcançar fama pelo mundo, embolsou cerca de 186 mil reais para uma única apresentação. Segundo informações pós realização do vento que circulam na rede, esse foi o maior cachê pago na virada. Em lista divulgada nos meios especializados, os destaques que fizeram sucesso durante o evento, foram aqueles que faturaram alto.

No topo da lista de altos cachês está o artista Jorge Drexler, e a cantora brasileira Daniela Mercury, que teria recebido 98 mil reais pela apresentação na noite paulistana. Esses valores foram pagos aos artistas mais conhecidos, já aqueles menos famosos, e outros gêneros como teatro, o pagamento era dividido entre todo o grupo de artistas, ou conjunto da apresentação.

Veja a lista com os gastos publicada pelo jornal Valor Econômico, as informações foram obtidas no Diário Oficial da Cidade de São Paulo:

- Jorge Drexler, R$ 126.943

- Daniela Mercury e Zimbo Trio, R$ 98 mil

- Gal Costa, R$ 90 mil

- Racionais, R$ 70 mil

- Gabi Amarantos, R$ 68 mil

- Sérgio Reis e Renato Teixeira - R$ 66 mil

- Kleiton & Kledir - R$ 60 mil

- Raça Negra - R$ 52 mil

- Criolo, R$ 50 mil

- Jorge Aragão - R$ 45 mil

- Luiz Caldas - R$ 43 mil

- Tulipa Ruiz - R$ 41 mil

- Lobão, R$ 30 mil

- Otto - R$ 28 mil

- Angela Ro Ro - R$ 25 mil

- Rappin Hood, 23,6 mil

- Céu e Banda - R$ 20 mil

- Lucas Santtana - R$ 17 mil


Veja também: Notícias recentes | Pesquisar notícias | Todas as notícias

Comentários